8 de ago de 2015

Flash de hélio traz anã branca de volta à vida

Crédito: ESO

A discreta mancha vermelha na parte inferior da imagem, descoberta pelo astrônomo amador Yukio Sakurai, em 1996, pode não chamar tanta atenção quanto a estrela no centro, mas é muito mais valiosa em termos astronômicos.

Nos primeiros momentos de sua descoberta, o objeto foi confundido com o que poderia ser uma supernova, no entanto, trata-se de um evento raro no qual uma estrela na fase de anã branca passa por um "flash de hélio". Esse é o estágio onde o astro de pouca massa se reaquece a partir de um flash de hélio e expele grande quantidade de gás e poeira antes de encolher e se tornar uma anã branca novamente.

Essa é uma das poucas observações feitas e permitiu que os astrônomos tivessem a rara oportunidade de estudar o fenômeno em tempo real. A anã branca emite raios ultravioletas o suficiente para iluminar os gases que expeliu, o que forma o anel vermelho capturado pela imagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário