1 de ago de 2012

Estudantes do mundo inteiro chegam ao Brasil para disputar a Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica


A abertura oficial da IOAA acontece no próximo dia 6, no Planetário da Gávea. As provas serão realizadas em Vassouras/RJ, de 7 a 12 de agosto



Na próxima segunda-feira, dia 6 de agosto, tem início a 6ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA), primeira olimpíada científica de nível mundial realizada em solo brasileiro. A cerimônia oficial de abertura acontece às 10 horas, no Planetário da Gávea, na zona sul do Rio de Janeiro. A IOAA acontece de quatro em quatro anos. No Brasil, está sendo realizada em parceria por 11 instituições, entre elas o Observatório Nacional.

A competição reúne estudantes dos cinco continentes e as provas serão realizadas no município de Vassouras/RJ, de 7 a 12 de agosto. A solenidade de encerramento e entrega das medalhas às equipes vencedoras será no dia 13, no campus do Observatório Nacional, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro.

Ao todo, mais de 200 estudantes e 60 professores de 30 países participam da IOAA. Como país sede, o Brasil tem direito a duas equipes, integradas por alunos selecionados a partir da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), realizada em maio.

Nesta competição, reconhecida pela União Astronômica Internacional (IAU), a associação mundial dos astrônomos profissionais, os equipamentos são telescópios, calculadoras, muita criatividade e aplicação. 

Todos os estudantes farão, como nas outras edições, três modalidades de prova: observacional, na qual demonstram seus conhecimentos sobre o céu; teórica, resolvendo problemas de astronomia e astrofísica; e prova prática, na qual utilizam e interpretam dados como um astrônomo profissional.















Nenhum comentário:

Postar um comentário