4 de dez de 2012

Curso à distância oferecido pelo ON atrai estudantes de todo o Brasil


O primeiro curso à distância da área de geofísica ofertado pelo Observatório Nacional é um sucesso. O curso Magnetismo da Terra teve 8.139 inscrições e está entrando no quarto e último módulo, que será disponibilizado em dezembro.

A proposta do curso é promover, junto ao público não especializado, a divulgação de temas científicos relacionados à atuação do ON. Já foram realizadas nove edições do curso de Astronomia, mas em 2012 o Observatório estreou a oferta na área de geofísica.

Por meio de apostilas de texto, vídeos e slides, os participantes tem acesso a informações sobre o campo magnético da Terra. Aprendem qual a importância do campo para a vida no planeta, os fenômenos a ele relacionados, como são feitas as observações, as teorias que o explicam e conhecem os desafios das pesquisas e os problemas ainda sem respostas. Também estudam o campo magnético do Sol, as tempestades magnéticas e seus efeitos nas comunicações, as auroras boreal e austral.

Nesta edição, estão inscritos 5.476 estudantes, 1.439 professores e 1.224 outros interessados, representando todos os estados brasileiros e também a capital federal. Especialmente nas regiões do país onde nem sempre existem oportunidades de aperfeiçoamento, o curso oferecido pelo ON desempenha um papel importante.


Exemplo disso são os alunos do campus Sena Madureira do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC). No município, distante 145 quilômetros da capital Rio Branco, boa parte dos alunos não tem internet em casa. Com isso, o apoio dos professores e da equipe do IFAC tem sido fundamental para que possam participar do curso. Como as provas são realizadas durante o final de semana, os estudantes do curso técnico em Informática e do curso superior em Ciências Naturais/Física tiveram a colaboração da instituição no transporte.


Para fazer os primeiros exames, realizados no início de novembro, eles utilizaram os computadores das salas de professores e das coordenações do campus. Muito animados, contaram com pais e amigos torcendo pelo êxito nos testes e também com a presença dos docentes que asseguraram a estrutura necessária.

A professora de Física Alcilene Balica Monteiro destaca a importância de iniciativas como a do ON para a formação dos estudantes e elogia a dedicação da equipe do Observatório para viabilizar a participação de tão amplo público nos cursos. “Agradeço imensamente pela contribuição de todos e tiro uma grande lição dessa pequena ação: a de que a persistência e o espírito de equipe levam ao sucesso e a um grande aprendizado.”





Nenhum comentário:

Postar um comentário