14 de dez de 2012

Maior depósito de carbono da Terra está no núcleo

O trabalho dos pesquisadores chineses
parece dar nova munição às teorias
abiogênicas do petróleo.
[Imagem: Zhang/Win/Pnas]

Redação do Site Inovação Tecnológica



Maior depósito de carbono da Terra


Usando simulações computadorizadas, geólogos acreditam ter solucionado um mistério de longa data: o que pode explicar a densidade do núcleo da Terra?

As simulações mostram que o núcleo da Terra contém entre 0,1 e 0,8 por cento de carbono.

Isto é de longe a maior reserva de carbono do planeta.

"Nós conhecíamos a densidade do núcleo, e sabíamos que o ferro e o níquel sozinhos não conseguiam explicar essa densidade," explica o professor Qing Zhu Yin, da Universidade da Califórnia em

Davis. "Você precisa de algo mais leve".
O carbono era um dos principais candidatos a cumprir esse papel. Mas também poderia ser o silício, oxigênio, fósforo, magnésio, hidrogênio ou nitrogênio.

Natureza da Terra

Como mesmo o buraco mais fundo da Terra mal arranhará a crosta, Yin e seu colega Yigang Zhang, da Academia Chinesa de Ciências, foram para os simuladores.

"Nós trabalhamos com cerca de 260 átomos para tentar simular a formação da Terra," explica Yin. "Nós atribuímos a cada um suas propriedades básicas e deixamos a mecânica quântica fazer seu trabalho no computador.

"Agora sabemos como explicar o déficit de densidade" do núcleo da Terra, garantem os geólogos.

Um conhecimento exato da influência do carbono ajudará a compreender melhor a idade da Terra e o momento exato da formação do núcleo no processo global de formação do planeta.

"Estamos falando sobre a compreensão da natureza da Terra," disse Yin. "Agora poderemos entender melhor os processos físicos e químicos envolvidos na formação da Terra."

Origem do petróleo


Algumas teorias sobre a formação abiótica, ou abiogênica, do petróleo afirmam que os depósitos de óleo poderiam estar sendo preenchidos de baixo para cima.

Para defender que o petróleo pode não ser fóssil, pesquisadores da Universidade da Califórnia também usaram simuladores para demonstrar que as longas cadeias de hidrocarbonos podem se formar no interior da Terra.

O trabalho dos pesquisadores chineses parece dar nova munição a essas teorias, uma vez que explica o suprimento de carbono que poderia permear pelo planeta rumo à superfície, até alojar-se em rochas porosas.

Outro reforço para essa corrente - largamente minoritária no meio científico, à exceção de alguns países do leste europeu - deu-se com a recente descoberta de petróleo no espaço.
Petróleo e gás natural podem não ser fósseis

Bibliografia:
Carbon and other light element contents in the Earth’s core based on first-principles molecular dynamics
Yigang Zhang, Qing-Zhu Yin
Proceedings of the National Academy of Sciences
Vol.: 109 no. 48, 19579-19583
DOI: 10.1073/pnas.1203826109

Nenhum comentário:

Postar um comentário