25 de mar de 2011

Terremoto em Mianmar deixa 74 mortos e 111 feridos, segundo os últimos dados

Da Agência Telam


Brasília – O Nordeste de Mianmar, antiga Birmânia, foi atingido ontem (24) por um terremoto de magnitude 6,8 graus na escala Richter. Pelos últimos dados, pelo menos 74 pessoas morreram e 111 ficaram feridas. A região mais afetada foi a das cidades de Tali e Tachilek perto da fronteira com a Tailândia. O tremor destruiu 244 casas, nove escritórios do governo e 14 mosteiros budistas de Mianmar.

Pelos dados do Serviço de Geologia dos Estados Unidos (cuja sigla em inglês é USGS), os tremores de terra atingiram, além de Mianmar e da Tailândia, o Laos. O epicentro foi localizado no Nordeste de Miammar, a 589 quilômetros de Yangun e 772 quilômetros ao Norte de Bangcoc.

O Nordeste de Mianmar é isolado, por ser uma área montanhosa e, segundo especialistas, os dados chegam de forma lenta. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho – um braço da Cruz Vermelha - enviou mil kits de ajuda humanitária para a área. O acesso à região, entretanto, é difícil o que influencia na demora de até quatro dias para a chegada dos kits aos locais atingidos.

Em Chiang Rai, no Norte da Tailândia, na fronteira com Mianmar, uma mulher morreu após ser esmagada pela queda de uma parede. Muitos turistas saíram às ruas e não se atrevem a voltar para os hotéis, enquanto os serviços de emergência permanecem em alerta.

Na Tailândia, o terremoto foi sentido na capital Bangcoc e no Norte do país. Foram identificadas falhas de energia e problemas com redes de telefonia móvel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário