3 de fev de 2015

Anéis de exoplaneta recém-descoberto são 200 vezes maiores que os de Saturno


Parece que o soberbo Saturno acaba de perder o título de planeta com os anéis mais incríveis da galáxia: astrônomos da Universidade de Rochester e do Observatório Leiden anunciaram recentemente a descoberta de um exoplaneta que possui um sistema de anéis 200 vezes maior que o de nosso vizinho. Batizado de J1407b, o astro chega a superar Júpiter em tamanho, e as estruturas circulares que o rodeiam medem impressionantes 120 milhões de quilômetros, número que quase alcança a distância da Terra até o Sol. E falando em nosso planeta, imagine dissolvê-lo e realocar suas partículas de poeira em torno de um gigante gasoso – de acordo com os cientistas, a massa dos anéis é parecida com a da Terra.

Segundo o astrônomo Matthew Kenworthy, autor principal do artigo publicado pela Royal Astronomical Society, se fosse possível substituir os anéis de Saturno por estes, eles poderiam facilmente ser vistos a olho nu no nosso céu noturno, e seriam muitas vezes maiores do que a lua cheia. Mas apesar de serem absurdamente grandes, nossos telescópios ainda não conseguem enxergá-los. “A estrela está muito distante para observarmos os anéis diretamente, mas nós conseguimos fazer um modelo detalhado baseado nas rápidas variações de brilho na luz da estrela ao passar pelo sistema de anéis”, explicou o pesquisador.

As partículas que orbitam o exoplaneta bloqueiam grande parte da luz estelar que nossos instrumentos conseguem captar da Terra. “No caso da J1407, nós vemos os anéis bloqueando durante dias 95% da luz desta jovem estrela parecida com nosso Sol, então existe muito material lá que poderia formar satélites”, diz Eric Mamajek, astrônomo da Universidade de Rochester e coautor da pesquisa. Os cientistas acreditam que, assim como Saturno, o astro possua dezenas de “luas pastoras”, que ficam localizadas nos espaços entre um anel e outro.

Matéria original: clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário