18 de jun de 2012

Inverno começa oficialmente às 20h09 do dia 20 de junho


18/06/2012


Este ano, o inverno começa oficialmente no próximo dia 20 de junho, às 20h09, horário de Brasília, e termina às 11h49 do dia 22 de setembro, quando inicia a primavera. A pesquisadora Josina Oliveira do Nascimento, da Coordenação de Astronomia e Astrofísica do Observatório Nacional, destaca que essas datas podem variar de um ano para o outro. Isso ocorre porque o período de translação da Terra não é de 365 dias, como o calendário considera, mas é de precisamente de 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 46,08 segundos. 

Josina explica que o início das estações é observado pelo comprimento do dia e da noite, que varia conforme a latitude. Do início da primavera até o início do verão, o Sol nasce cada dia mais cedo e se põe cada dia mais tarde, até que a entrada do verão marca o maior dia e a menor noite do ano. Daí até a entrada do outono, os dias se tornam cada vez menores e as noites cada vez maiores, até que no dia da entrada do outono o comprimento da noite é igual ao comprimento do dia. As noites, então, vão aumentando, até a chegada do inverno, quando temos a maior noite do ano. A partir disso, as noites diminuem até a chegada da primavera, quando novamente o dia e a noite tem o mesmo comprimento. A entrada do verão e do inverno é marcada, então, pelo “solstício” – comprimento diferente do dia e da noite –, enquanto primavera e outono, pelo “equinócio” – dia e noite com comprimento igual.

De acordo com a pesquisadora, os fenômenos são estudados tomando-se como ponto de observação a Terra. Por esse aspecto, observa-se a altura do Sol em relação à linha do equador do planeta. Assim, a entrada do inverno e também do verão se dá quando o Sol está aparentemente mais distante dessa linha, o que resulta nos comprimentos diferenciados do dia e da noite, fenômenos conhecidos como solstício. No hemisfério sul, onde está o Brasil, no solstício de inverno, o efeito percebido é a noite mais longa e o dia mais curto do ano. 

Confira mais detalhes do fenômeno na entrevista com a pesquisadora Josina Oliveira do Nascimento, da Coordenação de Astronomia e Astrofísica do Observatório Nacional.

ONews: O que marca o solstício de inverno? 
Josina Oliveira do Nascimento: Para explicar esse nome apresento abaixo uma figura que mostra a Terra no centro e o Sol fazendo a órbita em torno da Terra. Essa maneira de olhar os fenômenos chama-se geocêntrica por ter a Terra no centro. Estudamos os fenômenos como vistos da Terra. Na figura, vemos que a altura do Sol em relação ao equador celeste (que é a continuação do equador terrestre) vai aumentando até que, no solstício de inverno, começa a diminuir. É como se o Sol desse uma parada. A palavra solstício quer dizer exatamente isso: Sol parado. Pela figura vemos facilmente que o mesmo ocorre no início do verão, que é marcado pelo afastamento máximo do equador celeste: é o solstício de verão.



Figura: Estações do ano
 [Imagem adaptada a partir de figura extraída do livro Astronomia e Astrofísica, 
de Maria de Fátima Saraiva e Kepler Oliveira]


ONews: Por que o solstício não ocorre sempre no mesmo dia do ano? 
Josina Oliveira do Nascimento: O ano bissexto foi criado para aproximar o ano civil gregoriano do ano trópico, que é o tempo de translação aparente da Terra: exatamente 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 46,08 segundos. Essa diferença de quase seis horas é a principal razão para que os fenômenos decorrentes da translação da Terra ocorram às vezes em um dia, às vezes no dia anterior ou posterior. A tabela abaixo apresenta os instantes do solstício do inverno no hemisfério sul, nos últimos anos, no horário de Brasília.


ANO
Data do Solstício de Inverno / Horário de Brasília
2004 (ano bissexto)
20/06 às 21h57min
2005
21/06 às 03h46min
2006
21/06 às 09h26min
2007
21/06 às 15h06min
2008 (ano bissexto)
20/06 às 20h59min
2009
21/06 às 02h46min
2010
21/06 às 08h28min
2011
21/06 às 14h16min
2012 (ano bissexto)
20/06 às 20h09min








Nenhum comentário:

Postar um comentário