24 de set de 2014

Novo projeto da Nasa enviará informações dos seres humanos para fora do Sistema Solar

Fotos, gravações e mídias online farão parte da nova mensagem enviada ao espaço.


Pode até parecer ficção científica, mas o novo projeto da NASA pretende enviar um compacto de informações das civilizações humanas do mundo inteiro para fora do Sistema Solar. Com o nome de “One Earth Project”, a nave levará fotos, sons e outros tipos de informação para o espaço. 

Inicialmente, a nave New Horizons viajará por nosso sistema até Plutão, para depois seguir seu caminho ao resto do universo. “Por que não fazer um retrato da Terra no formato de crowdsourcing?“, questiona o líder do projeto Jon Lomberg. 

A ideia já havia sido reproduzida por Carl Sagan e Frank Drake nos anos de 1972 e 1973, quando enviaram informações da Terra em uma placa nas naves Pioneer 10 e 11. “A ideia de que não estamos sozinhos no universo era importante para Carl Sagan”, afirma Lomberg. 

Já em 1977, a união dos três astrônomos fez com que as sondas gêmeas Voyager também levassem informações da Terra ao espaço. No ano passado, a NASA informou que as Voyager saíram do Sistema Solar, encontrando-se no espaço interestelar. Dentro das naves estavam gravações, desenhos, fotos e diagramas sobre a vida humana na Terra. 

No entanto, a ideia dessa nova viagem é levar informações de todas as pessoas do planeta, e não somente aquelas escolhidas por cientistas e artistas. Com isso, Lomberg e seus colaboradores convenceram a NASA a colocar uma petição online disponível para quem quisesse contar sua história para o resto da galáxia. Mais de 10 mil assinaturas de 140 países diferentes já chegaram à equipe. 

A sonda carregando os 100MB de informações terá imagens de crianças, pessoas e outras formas de mídias online. Porém, Lamberg afirma que também faz questão de incluir pessoas que não possuem acesso à internet, como tribos africanas, por exemplo. 

O autor também comentou que gostaria de mostrar o “lado ruim” do nosso planeta e, por isso, pretende colocar fotos das bombas atômicas lançadas na Segunda Guerra Mundial. “Negar os problemas da humanidade poderia criar uma imagem desonesta da Terra”, afirma Lamberg. 

A missão, no entanto, também serve como mensagem para as pessoas do nosso planeta, conta o astrônomo. “Nós não sabemos o quanto essa mensagem vai durar. Provavelmente ninguém irá encontrá-la, mas além dos alienígenas, temos a intenção de mostrar isso para outra audiência: os habitantes da Terra”, conclui o criador da One Earth Project.

Matéria original: clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário