8 de jul de 2011

Telescópio Hubble faz sua milionésima observação

Redação do Site Inovação Tecnológica - 05/07/2011


A milionésima observação do Hubble foi feita em busca de água na atmosfera de um exoplaneta a 1.000 anos-luz de distância. [Imagem: NASA/ESA/G. Bacon/STScI]

Um milhão de vezes "Uau!"

O Telescópio Espacial Hubble fez história mais uma vez.

Na segunda-feira, 4 de julho, aquele que é o instrumento científico mais popular da história, registrou a sua observação científica número 1.000.000.
E a milionésima observação do Hubble foi feita em busca de água na atmosfera de um exoplaneta a 1.000 anos-luz de distância. Infelizmente, embora o Hubble seja bem conhecido por suas imagens deslumbrantes, a milionésima observação é uma medição espectroscópica, onde a luz é dividida em suas cores componentes. Estes padrões de cores podem revelar a composição química de fontes cósmicas e corpos celestes. Assim, o milionésimo "Uau!" terá que se contentar com a ilustração artística mostrada acima.

Observação número 1.000.000

A observação número 1.000.000 do Hubble é do planeta HAT-P-7b, um planeta gigante gasoso, maior do que Júpiter, orbitando uma estrela mais quente do que o nosso Sol.
O HAT-P-7b, também conhecido como Kepler 2b, tem sido estudado pelo Telescópio Kepler, depois que ele foi descoberto por telescópios terrestres.

A principal missão do Kepler é encontrar exoplanetas semelhantes à Terra.


O Hubble agora está sendo usado para analisar a composição química da atmosfera do planeta.




Novo mundo

Nesta observação histórica, o Hubble foi usado para procurar por vapor de água e estudar a estrutura atmosférica do planeta através de espectroscopia.
"Nós estamos procurando a assinatura espectral do vapor de água. Esta é uma observação extremamente precisa, e serão necessários meses de análise antes de termos uma resposta," disse Drake Deming, da Universidade de Maryland. "O Hubble demonstrou que é ideal para caracterizar as atmosferas de exoplanetas, e estamos animados para descobrir o que este mundo irá revelar."

Revolucionário
O Telescópio Espacial Hubble foi lançado em 24 de abril de 1990, a bordo do ônibus espacial Discovery, na missão STS-31. Suas descobertas revolucionaram quase todas as áreas das pesquisas astronômicas, da ciência planetária à cosmologia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário