8 de set de 2011

Alagoas é destaque na difusão da Astronomia na rede pública

Agência Alagoas


Localizado no Cepa, Observatório Astronômico Genival Leite Lima recebe 12 mil visitantes por ano e é um dos únicos do país a funcionar em espaço de ensino público.


O Estado de Alagoas é destaque na difusão do ensino da Astronomia em escolas públicas. Por meio do Observatório Astronômico Genival Leite Lima (OAGLL), estudantes da rede estadual e o público em geral podem desvendar os mistérios do universo. O observatório, localizado no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa), recebe anualmente cerca de 12 mil visitantes e é um dos únicos espaços no país a funcionar em instituição de ensino público. Além de Alagoas, apenas o Estado do Paraná tem uma unidade semelhante ligada à sua rede estadual.

“Somos o primeiro Estado do Norte/Nordeste a ter este tipo de instrumento. No Uruguai, por exemplo, há mais de 30 escolas com observatórios astronômicos”, destaca o professor Adriano Aubert, coordenador do observatório.

O educador explica que o objetivo da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) é fazer com que o observatório seja uma ferramenta de popularização da ciência e desenvolva ações de inserção científica para a população e ser um espaço educativo e de lazer para a difusão e o ensino da Astronomia.

“Aqui, nós oferecemos cursos de introdução à Astronomia, oficinas, palestras, projetos de iniciação científica e apoio à Olimpíada Brasileira de Astronomia”, assegura.

Além da SEE, o observatório conta com o apoio da Usina Ciência da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas (CEAAL) e a Secretaria de Estado da Ciência da Tecnologia e da Inovação (Secti)


Nenhum comentário:

Postar um comentário