20 de out de 2011

Mais um mistério sobre a matéria escura

Blog Só Ciência
18/10/2011



Enquanto alguns astrônomos se voltam para gigantescos e distantes aglomerados de galáxias para estudar a matéria escura, outros estão buscando sinais desta misteriosa substância que responderia por cerca de 25% de tudo que há no Universo na nossa própria vizinhança cósmica. E as observações estão colocando ainda mais dúvidas sobre a natureza da matéria escura.

Pesquisa conduzida por Matt Walker, Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, e Jorge Peñarrubia, da Universidade de Cambridge, analisou a distribuição da matéria escura em duas galáxias-anãs próximas da Via Láctea e mostrou que ela não se comporta como o esperado. Pelo atual modelo padrão da cosmologia, a matéria escura seria formada por partículas exóticas “frias” (isto é, de movimento muito lento) que só traem sua presença por seus efeitos gravitacionais. Com o tempo, ela deveria se acumular no centro das galáxias, mas as observações dos dois cientistas indicaram que ela está distribuída uniformemente nas duas galáxias-anãs estudadas. Como acredita-se que as galáxias-anãs seriam formadas por 99% de matéria escura e apenas 1% de matéria comum, elas são consideradas importantes laboratórios para este tipo de estudo.

- Depois que completamos este estudo, sabemos menos sobre a matéria escura do que antes – reconhece Walker. - Nossas medições contradizem a previsão básica sobre a estrutura da matéria escura “fria” em galáxias-anãs. A não ser que ou até que os teóricos modifiquem essa previsão, a matéria escura “fria” não tem um comportamento consistente com nossos dados observacionais.

Alguns teóricos sugerem que a interação entre as matérias escura e normal pode fazer com que a matéria escura se espalhe pelas galáxias, mas as atuais simulações não mostram que isso aconteceria em galáxias-anãs. As observações da dupla sugerem que ou a matéria normal e a escura interagem mais que se imagina, ou a matéria escura não é “fria”. Os dois pesquisadores esperam obter mais pistas com o estudo de outras galáxias-anãs, em especial as que parecem conter proporções maiores de matéria escura.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário