14 de out de 2011

Nasa divulga foto de restos de explosão estelar de 4,5 mil anos

Redação SRZD - Sidney Rezende


No interior da G299.2-2.9, há ferro e silício; o halo em amarelo é pura concentração de gás e poeira estelar


A Nasa divulgou, nesta quinta-feira, uma foto de restos de uma das supernovas - explosões estelares - ocorrida há cerca de 4,5 mil anos, as mais antigas do gênero.

Astrônomos pesquisam esses fenômenos para estudar sobre a energia escura e a expansão do universo, que foi o assunto premiado pelo Nobel de Física deste ano.

A G299.2-2.9 (foto) fica a aproximadamente 16 mil anos-luz de distância da Via Láctea. Ela é classificada como Ia - uma estrela anã branca, que agonizante, originou a supernova. No interior dela há quantidade significativa de ferro e silício, característica que marca esse tipo de objeto estelar. A parte amarelada dos contornos é composta por gás e poeira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário