18 de out de 2011

Semana de Ciência e Tecnologia ajuda monitorar água do planeta

Site Inovação Tecnológica


pH do Planeta

A atividade é simples: os alunos coletam a água de uma fonte natural local em duas garrafas PET.

Os estudantes podem coletar amostras de sua própria residência ou de algum curso d'água nas proximidades.

Ao voltar para a escola, as amostras são analisadas com azul de bromotimol e púrpura de metacresol, soluções que indicam o pH.

Esta é a essência do projeto pH do Planeta, que envolve diversos países e é uma das atividades do Ano Internacional da Química, promovido pela UNESCO.

Durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que começou ontem em todo o Brasil, serão distribuídos 25 mil kits para o experimento para escolas de todo o país.

Na etapa inicial foram distribuídos 2.000 kits, dos quais 400 já foram recebidos e tiveram seus resultados compilados. Outros 10.000 kits estão sendo preparados para distribuição após o término da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Os valores médios originados dos resultados de cada turma de estudantes são lançados no Banco de Dados Nacional do Experimento Global, juntamente com informações sobre a amostra e a escola participante.

Ano da Química

O experimento é uma das atividades AIQ propostas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC).

Rios, lagos, igarapés, nascentes, poços e o mar são os alguns dos objetos de pesquisa da ação, efetuadas por alunos de ensino fundamental e médio de escolas públicas, com a coordenação de seus professores e de professores de universidades.

No Brasil, as atividades estão sendo coordenadas pelos órgãos representativos da química brasileira e o experimento faz parte de um conjunto de ações propostas pela Sociedade Brasileira de Química (SBQ), com a ideia de melhorar a educação e a pesquisa em química no País.

O resultado de todos os países envolvidos será apresentado na cerimônia oficial de encerramento do Ano Internacional da Química, em dezembro deste ano, na sede da Unesco, em Paris.

O Ministério da Educação não participou da iniciativa, com todos os recursos vindo do Ministério da Ciência e Tecnologia, do CNPq e do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia.

Mais informações para participar do experimento podem ser obtidos no endereço http://qnint.sbq.org.br/agua/




Nenhum comentário:

Postar um comentário